Quioto: Guia De Visita a Custo Zero

Fique a saber o que é grátis em Quioto!

Por Bonson Lam   25/08/2017

Faça o que fizer, não perca a oportunidade de visitar Quioto. Não terá desculpa. Nem a falta de dinheiro é desculpa!

Deve estar a pensar que visitar Quioto sai muito caro, que é uma experiência só para os que podem, não? Que bom que seria conhecer gueixas, ver danças tradicionais japonesas, dormir em tatami! Se ao menos tivesse dinheiro para isso...

Pois bem, você tem essa possibilidade, praticamente gratuitamente, basta saber onde procurar.

Alojamento Grátis

Sempre sonhou dormir num quarto com chão de tatami? Quer conhecer a famosa hospitalidade japonesa? Isso é possível com J Hoppers, o qual também está disponível para os turistas de baixo orçamento que visitam Quioto. Não só terá alojamento gratuito como também fará amigos e ficará a conhecer melhor os japoneses que vivem em Quioto, ajudando assim a promover esta bela cidade. Através do J Hoppers também ficará a conhecer muitos jovens adultos japoneses (a maioria são recém licenciados), eles próprios ávidos consumidores das opções "low cost", por isso podem dar-lhe muitas dicas também. A única contrapartida para ter alojamento gratuito é dar uma mãozinha em alguma coisa, durante algumas horas por dia, sendo um ajudante a tempo parcial de quem o recebe. Não fala japonês e tem medo de não se entender com os seus anfitriões? Não se preocupe que os hóspedes anteriores provavelmente já traduziram o guia de informações para a sua língua. O J Hoppers funciona para estadias médias e longas, tipicamente pedindo que a sua estadia seja no mínimo entre 4 e 8 semanas. Mas não está excluído à partida que seja uma estadia mais curta, vale sempre a pena entrar em contacto com os anfitriões e apresentar as suas propostas, ouvindo o que eles sugerem. Outra maneira de ter alojamento gratuito é fazendo "wwoofing", ou seja, através do wwoofjapan. A única diferença é que este sistema está mais voltado para as zonas rurais, mas de modo geral funciona da mesma maneira: terá alojamento gratuito e em troca dá umas horas do seu dia para ajudar os proprietários.

Entrada Livre no Palácio

Conheça o património histórico de Quioto sem gastar um cêntimo! A única coisa que precisa de fazer é reservar o seu lugar com antecedência numa das visitas guiadas ao Palácio Imperial de Quioto e às várias propriedades da Casa Imperial do Japão. Pode fazer a reserva online ou simplesmente aparecer lá no dia anterior ao da visita para reservar. A explicação é em inglês e é muito educativa. Quanto às propriedades históricas fora de Quioto, poderá precisar de fazer a reserva da visita com maior antecedência, mas são igualmente guiadas e gratuitas. Link útil: http://sankan.kunaicho.go.jp/english/. Estas visitas são em japonês, pelo que convém dar uma vista de olhos nas informações antes de ir.

Aluguer de Quimono Grátis

Muitas pessoas esperam ver maiko ou gueixas em Quioto, mas ficam desiludidas porque é preciso permissão especial ou convite para entrar nas casas onde se podem ver estas beldades. Se não tem essa autorização ainda pode ver as gueixas passar na rua, quando estão a ir para um compromisso ou a voltar a casa, sobretudo nos bairros de Gion e Pontocho. Contudo, pode mergulhar ainda mais neste mundo passando pela experiência de vestir quimono. Na sede do J Hoppers em Quioto irão ajudá-lo a vestir quimono e pode tirar fotografias. O edifício era uma boutique de moda, por isso a sua experiência será ainda mais autêntica.

Entrada Gratuita num Santuário

Enquanto está a fotografar as gueixas em Gion, tenha cuidado para não esgotar a bateria da sua máquina fotográfica, pois um dos santuários mais fotogénicos da cidade fica mesmo ali ao lado: o Santuário de Yasaka. O tom laranja deste santuário é o sonho de qualquer fotógrafo, em todas as horas do dia e da noite, e ainda mais quando está decorado de lanternas e durante os festivais. A entrada no Santuário é gratuita por isso encontrará muitos visitantes. Gosta de observar as pessoas? Se sim, está bem aqui. Para uma visita mais tranquila, passe por lá de manhã cedo, ou numa hora mais tardia durante a noite.

Entrada Gratuita num Museu

O Museu de Artes Tradicionais de Quioto (Kyoto Museum of Traditional Crafts) fica igualmente muito perto de Gion, mas também lá pode chegar com uma curta caminhada a partir da estação de metro de Higashiyama. Aqui, o design, as artes tradicionais e as indústrias encontram-se todas num só lugar. Pode ver os artesãos a trabalhar, participar em workshops (até tingir quimono!), ou perder-se nas compras a preços apetecíveis. O museu está aberto todos os dias (só fecha no dia de Ano Novo) das 9:00 às 17:00. Reserve pelo menos uma hora para ver tudo! Aos domingos à tarde, entre as 14:00 e as 15.30, há um espetáculo de dança tradicional japonesa, ao qual pode assistir gratuitamente. Link útil: www.miyakomesse.jp/fureaika

Eventos e Festivais para Carteiras Vazias

A cidade de Quioto é famosa pelos seus festivais antigos celebrando a sua história, o folclore, e eventos ligados com a passagem das estações do ano, entre outros momentos especiais. Por isso, provavelmente, irá haver um festival durante a sua estadia. Um dos meus favoritos é o Gion Matsuri, em julho, que leva para a rua impressionantes carros alegóricos com a altura de dois andares, sempre acompanhados de música de corte. Durante a noite a festa continua, com archotes acessos! Os figurantes envergam trajes históricos para maior efeito. Quer queira ver ou juntar-se aos festejos, não pode perder estes festivais!

Comida Grátis

Sabia que Quioto é famosa pelos seus pickles de vegetais? No bairro de Gion, nos degraus de Sannenzaka em Higashiyama, ou mesmo no mercado de Nishiki (a cozinha de Quioto) poderá desfrutar de provas destas iguarias locais. As lojas oferecem com prazer, já que é uma maneira de instruírem o turista na variedade e riqueza de sabores. Também há provas nas lojas da estação da JR de Quioto e mesmo nas lojas da baixa da cidade. Alguns hostels ou residências com quarto partilhado (J Hoppers ou Hana Hostel) têm um preço com pequeno-almoço incluído que incluí buffet com arroz e chá gratuitos. Na verdade isto é muito apropriado para Quioto, já que o prato tradicional Ochazuke é precisamente arroz cozido no qual é vertido uma chávena de chá verde. É claro que se quiser gastar algum dinheiro, mas pouco, pode optar pelas tascas de okonomiyaki ou pela fórmula "set menu" nos cafés. Nas imediações da estação da JR de Quioto e em Gion, pode ter uma refeição quente, completa, por menos de 1000 ienes (aproximadamente 8 euros).

Wi-Fi Gratuita

Depois de um dia cheio de gueixas, museus e jardins, é tempo de escrever no seu facebook ou contar tudo aos amigos por e-mail. Muitos hostels oferecem internet gratuita, como por exemplo no J Hoppers, nos Hana Hostels, em toda a cadeia Toyoko inn e ainda em alguns ryokans (alojamento de arquitetura tradicional japonesa, com chão de tatami) que servem pequenos-almoços japoneses e ocidentais todas as manhãs.

A zona da estação da JR de Quioto também tem rede gratuita, tal como outras da linha JR WEST, como por exemplo Osaka e Kobe. Envie um e-mail em branco para jrw@forguest.wi2.ne.jp para obter um código de utilizador (ID), juntamente com as instruções de uso desta rede, em inglês e japonês. Há grandes vantagens em pedir o acesso à Wi-Fi das estações com antecedência, até mesmo antes de começar a sua viagem, pois pode ser difícil encontrar um local com Wi-Fi gratuito no meio das multidões. Pode então ter ligação gratuita à internet durante 8 dias, a contar da data em que introduzir o ID que lhe for fornecido. Pode ser boa ideia adicionar o endereço de e-mail acima à sua lista de contactos, para o que o e-mail não seja identificado como spam. Saiba mais aqui.

Existem servidores de rede muito comuns em cafés, restaurantes, centros comerciais e lojas, os quais oferecem um dia (24h) de rede gratuita depois de fazer o seu registo com cartão de crédito. Tenha em conta que depois desse período vai começar a cobrar-lhe o uso no cartão de crédito, e essas redes são condicionadas pela distância às lojas onde estão localizadas.

Para aceder a um mapa completo de locais com Wi-Fi gratuito, consulte o Freespot.com, que inclui listas dentro e fora da cidade.

Ofertas Exclusivas

Enquanto estiver em casa a escrever sobre o quão especial acha Quioto, poderá descobrir o jornalista escondido que há em si. Se já sonhou em ser recompensado por ter o melhor trabalho no mundo, o de um jornalista de viagem em Quioto, não procure mais! Junte-se à JapanTravel.com e ganhe pontos pelos seus artigos ou foto-relatos desde refeições em restaurantes até bilhetes de avião com os nossos parceiros. Também nos pode nos seguir nas nossas páginas do Facebook e do Google+ para se manter atualizado com as últimas ofertas. Por exemplo, os aspirantes a jornalistas podem candidatar-se ao programa de estágio da JapanTravel, que oferece treino, alojamento e apresentação de contactos importantes no turismo e na cultura em todo o Japão.

Escrito por Bonson Lam
Parceiro da JapanTravel
Traduzido por Ines Matos

Deixar um comentário