Caminhando pelo Belo Vale Kaeda

Uma caminhada cheia de beleza natural e águas agitadas

Por Iain Stanley   

Miyazaki, no sudeste de Kyushu, é um lugar exuberante e fértil onde cai um dos maiores volumes de precipitação anual do Japão. Se for uma pessoa que ama o litoral como eu, a chuva às vezes pode ser frustrante. No entanto, é graças à chuva que as muitas florestas desta região se mantêm magníficas, juntamente com as montanhas e vales que brilham em deslumbrantes tons de verde.

Um desses lugares, que nunca pára de fascinar os visitantes, é o Vale Kaeda, localizado a cerca de 30 minutos de carro a sul da cidade de Miyazaki. É uma área florestal que possui dezenas de percursos onde pode caminhar, existindo caminhos mais fáceis e caminhos com um grau de dificuldade mais elevado. Além disso, pode passar uma hora ou o dia todo a explorar o que este local tem para oferecer; a escolha é sua.

Pode deixar o seu carro no estacionamento gratuito que fica na entrada do vale (veja o pin no mapa) e começar a sua aventura a pé a partir daí. No estacionamento, existe um mapa grande dos diferentes percursos que pode fazer, mas se quiser levar um mapa consigo, pode receber um gratuitamente na pequena cabana que fica à esquerda assim que entrar no estacionamento.

Depois de estacionar o carro e partir para uma agradável caminhada, pode fazer uma pausa para relaxar antes mesmo de chegar ao vale em si, pois há zonas para churrasco e também piscinas do lado esquerdo a cerca de 500 metros. Muitas famílias e crianças reúnem-se aqui, especialmente durante os meses de verão, pois conseguem obter sombra e um bom local para cozinhar. Além disso, a piscina natural de água doce é de fácil utilização por nadadores de todas as idades e níveis.

A caminhada principal pelo vale segue um caminho único ao longo do rio. É quase totalmente plano, por isso pode ser facilmente apreciado por qualquer pessoa. Um grande ponto a favor deste percurso é que consegue ter um panorama perfeito das várias formações rochosas ao longo do rio, não esquecendo a incrível água azul-cobalto que o espera a cerca de 1,5 km de distância. Ao longo deste caminho principal, verá muitos caminhantes de todas as idades, dos quais nenhum deixará de o cumprimentar com um caloroso “konnichiwa”.

Do início ao fim, o percurso principal demorará entre 4 a 5 horas, incluindo ida e volta. Se parar pelo caminho para tirar fotos, para um descanso, para uma conversa ou apenas para apreciar a beleza em seu redor, pode demorar muito mais! Do percurso principal, pode ver cascatas de tamanhos variados, muitos tipos diferentes de pássaros e, se tiver sorte, macacos a saltar de rocha em rocha.

Existem inúmeros caminhos mais pequenos fora do percurso principal que também pode explorar, alguns dos quais o levam até ao rio, e outros que o levam montanhas acima. Se escolher a última opção, é melhor ir com alguém que conheça o percurso e que já o tenha feito antes. Seja qual for o percurso que fizer e a distância que decidir caminhar, o Vale Kaeda é uma viagem que qualquer pessoa pode desfrutar, em qualquer época do ano.

Mais informação

Descubra mais sobre Kaeda Valley

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

0
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in the videogame industry as a Technical Artist. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original por Iain Stanley

Deixar um comentário