Rua Shirakawa, Gion

Faça as suas próprias descobertas nas vielas escondidas da Quioto antiga

Por Bonson Lam   

Quando chegam as noites de primavera, quando o ar é aquecido pelo sol depois do seu sono de inverno, as flores de cerejeira de Quioto mostram-se em todo o seu esplendor.

É apenas por fugazes momentos, durante as iluminações das Sakura a partir da última semana de março e primeira semana de abril. Da mesma forma, as garças saem para tomar banho ao sol, como se toda a natureza estivesse a comemorar a chegada de uma nova estação.

Algumas das cerejeiras choronas são como esculturas, vivendo séculos e sendo alimentadas por jardineiros que são verdadeiros guardiões destas grandes senhoras da natureza. Muitos fotógrafos e aficionados de sakura têm as suas favoritas, como pode ver a partir do aplauso dos cliques das câmaras. A sua devoção é distraída apenas por um momento, com o que aparenta ser uma gueixa a passar, em silêncio, exceto o barulho rítmico das suas geta. Mineko Iwasaki, uma gueixa que foi referenciada no livro e filme, "Memórias de uma Gueixa", costumava viver numa casa muito perto daqui.

Embora não existam áreas relvadas para um piquenique de Hanami, passear junto ao Canal Shirakawa apenas cinco minutos a norte da rua de cima de Gion (Shijo dori) é uma forma deliciosa de começar a noite. As lojas históricas e modernas na Shijo dori sentam-se lado a lado e vendem de tudo, desde lenços decorados com motivos de flores de cerejeira a bolos de arroz e doces em tons de rosa e branco, todos tentando capturar a beleza da época das sakura. No caminho para o canal, vai encontrar muitas vielas, algumas com bares, néon e música moderna, enquanto outras estão salpicadas de machiya, estreitos estabelecimentos comerciais tradicionais dos dias em que os impostos de propriedade exigiam que fossem o mais estreitos possível, protegendo a tranquilidade dos seus longos pátios e corredores do mundo exterior. Um deles foi transformado na luxuosa guesthouse Gion Shinmonzen Machiya, com imaculadas salas de tatami ao estilo japonês.

Se gosta de fazer planos com antecedência, faça uma reserva num dos restaurantes com mesas à beira-mar com vista para o canal, e poderá ficar um pouco mais até a temperatura baixar, e se houver uma brisa, poderá ver flores a flutuar no ar, como neve cobrindo a terra.

Também pode passar a noite na Kyoto Shirakawa Guesthouse que fica nas proximidades, a qual pode reservar online usando o link do site em inglês na parte direita deste artigo. Eles também alugam bicicletas a 500 ienes por dia.

A rua Shirakawa em Gion pode não ser tão conhecida como a Hanami koji dori (rua de visualização de flores) a sul, mas vale a pena pô-la no seu itinerário, a partir do início da manhã com o primeiro cantar dos pássaros, ou à noite, quando as cerejeiras são iluminadas sob o luar. É uma descoberta fantástica fora dos locais mais famosos.

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

0
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original por Bonson Lam

Deixar um comentário