Thomas, a Simpática Locomotiva Azul

Passeio ao longo do Rio Oigawa, em Shimada

Por Hellen Hayano    

Um belo passeio em família para diversão das crianças que adoram o famoso trem Thomas do desenho animado: "Thomas e seus amigos". Uma réplica em tamanho real da locomotiva te leva a uma aventura de pouco mais de uma hora, vendo as lindas paisagens ao longo do rio Oigawa, na cidade de Shimada, passando pelos vales e plantações de chá, muito comuns na prefeitura de Shizuoka. Essa atividade é realizada de junho a dezembro, aos fins de semana, e o calendário está disponível no site da companhia Oigawa Railway.


Além de Thomas e seu amigo James, locomotivas a vapor fazem esse mesmo percurso de 37,2 km. A tarifa de ida para um adulto no simpático trem azul é de 3000 ienes saindo da estação de Shin-Kanaya até à estação de Senzu. Ida e volta sai por 6500 ienes. Já crianças, a partir do ensino fundamental pagam 1500 ienes pela ida ou 3000 por ida e volta. Para retornar ao seu ponto de origem, outra opção é utilizar o trem local da estação Senzu à estação de Kanaya ao valor de 1810 ienes, crianças pagam meia. Em alta temporada, o ideal é reservar o ticket com antecedência no site da loja de conveniência Lawson.


Na estação de Senzu estão disponíveis algumas atrações do "Thomas e seus amigos" com taxas mais acessíveis. Há também a venda de lembrancinhas e recordações. Nas redondezas da estação, há pontos turísticos com imagens belíssimas da pequena cidade. Vale dar uma volta nos caminhos indicados no mapa da cidade.

Como chegar

A partir da estação de Kanaya da JR utilizando a linha Oigawahon-sen da ferrovia Oigawa. De carro, você deve pegar a rodovia Shin-Tomei até Shimada Kanaya IC, e de lá você estará a 10 minutos do local. Já a partir da rodovia Tomei o local fica a 15 minutos da saída Sagara Makinohara IC.

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

3
0
Hellen Hayano

Hellen Hayano @hellen.hayano.hellen

Jornalista que atua na produção de conteúdo para Redes Sociais. Apaixonada pela cultura japonesa e vive no Japão desde 2018.

Deixar um comentário