Como Obter Wi-Fi Gratuito em Tokyo

Dicas importantes para ter Wi-Fi gratuito fora do hotel

Por Jeremy Yap   

O Japão é um lugar peculiar. Dado o seu avanço tecnológico e ser uma potência no campo da eletrônica, é estranho que a Coréia tenha mais pontos de Wi-Fi gratuito do que o Japão. Mesmo Cingapura tem uma cobertura mais ampla, embora o seu apenas um pequeno ponto no mapa do mundo.

Mas não se preocupe! Pontos de Wi-Fi gratuito existem!

O melhor lugar onde consegui passar horas no Wi-Fi foi a Starbucks. No entanto, se você é usuário pela primeira vez, precisa:

  1. Cadastrar seu email
  2. Você vai então receber um email de confirmação
  3. Confirmar que você é você através de seu endereço de email
  4. Pronto para usar a internet

No entanto, há um problema. Uma vez que o email de confirmação será enviado para seu endereço de email, você precisa confirmar o seu endereço de email antes de poder para utilizar a internet. Mas você não consegue ter acesso ao seu email sem internet (você precisa verificar primeiro)! O que você pode fazer então é:

1 Voltar para casa, responder à verificação de email e, em seguida, voltar ao Starbucks para usar a internet

ou

2 Perguntar a uma alma caridosa que está sentado ao seu lado se você pode pegar emprestado o telefone por algum tempo para confirmar o seu endereço de email.

Mas uma vez que você tenha isto resolvido, você pode praticamente obter Wi-Fi em qualquer lugar. Isso ocorre porque os cafés da Starbucks estão localizadas em toda Tokyo. Quase todo bairro ou estação de trem tem um, proporcionando comodidade e acessibilidade para aqueles que vagueiam pela cidade constantemente. É também um lugar onde você pode fazer uma pausa na sua viagem, sentar e beber uma xícara de café (e atualizar seus amigos e familiares sobre suas viagens no Japão via email, Facebook, Twitter, etc)

Outra coisa boa da Starbucks é que você pode ficar nela por horas. Pode ficar por uma, duas horas - não há limite de tempo (até que ela feche, naturalmente). Além disso, a conexão é boa o suficiente para que você não precise se preocupar com problemas de conexão.

Mas se ficar parado não é contigo, você também pode obter Wi-Fi em qualquer lugar nas principais estações da JR ao longo da Linha Yamanote. As estações onde eu tinha conseguido obter Wi-Fi foram Ikebukuro, Shinjuku, Shibuya, Harajuku, Akihabara e Ueno. Enquanto você espera por um amigo, puxe o seu iPhone, Android, Blackberry, Nokia ou qualquer outro telefone que tenha e conecte-se ao Wi-Fi gratuito. No entanto, há algumas estações sem Wi-Fi, como Takadanobaba.

Além disso, há acesso Wi-Fi para uso em estações de metrô de Tokyo também. Você só pode usar 5 vezes por dia com 15 minutos para cada. Assim, no total, você tem 1 hora e 15 min de Wi-Fi por dia. Não é tão ruim, enquanto você espera o trem!

Ainda assim, a grande vantagem disso é que você pode usar o Line ou WhatsApp e dizer aos amigos que vai se encontrar que você já está na estação. Eles não vão se preocupar se você está perdido ou algo assim.

Por último, existem alguns shoppings em Tokyo que fornecem Wi-Fi gratuito. No entanto, você só pode usá-lo por um determinado período de tempo. Após o que, você será desconectado da rede. Um dos shoppings que tem Wi-Fi gratuito é Roppongi Hills. Eles oferecem 30 minutos de uso mas sem o incômodo de confirmar seu email.

É isso aí! Se você sabe de outros lugares com Wi-Fi gratuito, permita-me saber, para que possamos compartilhar com todos. Afinal, informação deve ser compartilhada, certo?

UPDATE: Family Mart oferece Wi-Fi gratuito também mas o processo de aplicação é totalmente em japonês. Para mais informações, veja aqui.

Você também pode obter um cartão de Wi-Fi para 14 dias fornecidos pela NTT East apresentando o seu passaporte nos postos NTT East no aeroporto de Narita, Akihabara e outras grandes cidades. Utilize os dados mostrados no cartão para acessar a internet em pontos da NTT East Wi-Fi em Tokyo.

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

0
1
Roberto Tongu

Roberto Tongu @roberto.tongu

Nikkei da cidade de São Paulo, Brasil, tem quase 25 anos de vivência no Japão. É o Regional Partner da Japan Travel responsável pela parte em português.

Original por Jeremy Yap

Junte-se à discussão

Ines Matos 4 anos atrás
Na minha última viagem ao Japão (2012) não havia Wifi gratuito no Starbucks. Existia sim o acesso ao website de um servidor de internet - uma empresa - que nos permitia entender a nossa conta doméstica (se estivéssemos a viver no Japão) para o dispositivo móvel que estávamos a usar. Assim, se você tem já internet na sua casa, pode entrar nesse website quando está dentro do starbucks a usar o seu telefone ou ipad e aí pode registar o seu email ou até a sua conta de casa. Mas para quem é turista ou visitante do Japão e não tem nenhuma conta de internet nem nenhuma conta de telefone no Japão, então não há pontos de acesso Wifi gratuitos. Penso que a diferença está no que se considera ser um acesso Wifi gratuito... Por exemplo, em Portugal "ter Wifi" significa que você abre o seu computador ou o telefone ou o ipad e entra automaticamente no Google ou noutro website que é a sua homepage, não há publicidade de empresas nem registos de email nem cobrança de cartão de crédito, nada. Gratuito quer dizer gratuito mesmo. Isso existe na maior parte das cidades, e seguramente em universidades, centros comerciais, parques, etc. Quando uma pessoa está habituada a esta simplicidade e chega ao Japão é um choque! A alternativa que encontrei foi o aluguer de um dispositivo de partilha de sinal wifi. Ao fazer o aluguer de um destes aparelhos podia usar internet em três dispositivos e em qualquer lugar, desde que o tivesse na minha mala ou no meu bolso. Não é muito grande e é conveniente. Mais uma vez, não é barato, mas resolve todo e qualquer problema de acesso à internet para quem está no Japão como visitante, turista ou apenas como estudante sem conta de internet em casa.