Três Anos Após Aquele Dia: Yuriage

Outro olhar sobre a área de Sendai afetada pelo tsunami

Por Justin Velgus   

Yuriage foi a parte da Cidade de Natori mais devastada pelo tsunami que seguiu o Grande Terramoto do Este do Japão no dia 11 de Março de 2011. Esta cidade à beira-mar perdeu mais de um milhar de pessoas juntamente com muita da sua indústria de pesca e agricultura, bem como incontáveis casas para o tsunami de 8 metros que assolou 45 minutos depois do maior terramoto na história do Japão. Ao conduzir pela zona, verá zonas planas onde uma dia estiveram casas, restando hoje apenas cimento, assim como algumas casas danificadas que sobreviveram ao tsunami mas parecem estar para lá de possíveis reparos. Os destaques desta zona são Hiyoriyama, uma colina artificial com um santuário que fora outrora usado como posto de vigia para barcos que se aproximassem, e a Escola de 3º Ciclo de Yuriage, uma zona de evacuação e agora memorial pelos catorze alunos que não sobreviveram naquele dia.

Veja fotografias de Arahama nas proximidades aqui. Ou saiba mais sobre as zonas afetadas fora de Sendai aqui.

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

0
1
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original por Justin Velgus