Tsutenkaku

A torre que chega ao céu

 Por Jeannie Gan   15/03/2017

Tsutenkaku (通天閣) significa literalmente "a torre que chega ao céu". Venha aqui para observar Osaka da torre de observação a partir dos seus 4º e 5º andares! Apesar do seu nome, o Tsutenkaku tem apenas 103 metros, o que não é uma altura incomum para edifícios em cidades como Osaka. Existem outras torres de observação em Osaka, mas se tiver um Osaka Amazing Pass, terá entrada gratuita aqui, e decerto seria uma boa paragem durante a sua viagem pelo sul retro de Osaka, Shinsekai.

Antes de entrar na torre, lembre-se de olhar para o grande relógio de 8 lados no lado este da torre. Não só é colorido, como muda de cor a cada minuto, e é tido como o maior relógio no Japão!

Outro segredo pouco conhecido sobre o Tsutenkaku é também a sua previsão do tempo através do néon na torre. Este é realmente um trabalho criativo das mentes dos japoneses. A torre de néon tem uma combinação de 3 cores diferentes para indicar o clima do dia seguinte e as suas mudanças!! Branca para um dia de céu limpo, azul para um dia chuvoso e laranja para um dia de céu nublado.

A torre original que foi construída em 1912 deu significado ao seu nome como o segundo edifício mais alto da Ásia. O design também foi único para o Japão, pois foi modelado com base na Torre Eiffel e no Arco do Triunfo. Quando rebentou a segunda guerra mundial, a torre foi demolida para que o seu aço fosse usado na guerra. A torre actual que está em Shinsekai foi construída em 1956 pelos residentes locais como símbolo do amor pela torre original. A nova torre ainda carrega o mesmo nome, mas com um "rosto" diferente, para ser exato oito "rostos" diferentes no edifício da torre.

Se vier da Tsutenkaku dori, certamente terá visto as estátuas de Biliken, de aspecto estranho, de orelhas compridas, por toda a rua. Provavelmente a mais popular estátua de Biliken, o Deus da Boa Sorte, é a que se encontra no Tsutenkaku, sentado sorrindo para os seus visitantes no 5º andar.

Não se esqueça de esfregar a sola dos seus pés ao pedir um desejo ao Biliken! Quem sabe se seu desejo de o vir a encontrar novamente no futuro será concretizado.

Escrito por Jeannie Gan
Membro da JapanTravel
Traduzido por Andre Moreira

Junte-se à discussão