Universal Studios em Osaka

Porque não ser criança por um dia?

Nunca fui pessoa de parques temáticos da Disney. Fui à Disneyland Paris quando era criança e depois à Disneyland e Disneysea em Tóquio quando aqui cheguei como estudante de intercâmbio. Foi com certeza divertido, mas nunca fiquei maluca com a fofura do Mickey e do Donald como ficaram as minhas amigas japonesas. Por isso quando a minha amiga sugeriu que eu fosse com ela ao Universal Studios em Osaka, decidi agarrar a oportunidade.

O Universal Studios Japan é uma obra-prima em termos de entretenimento e ambiente. Tem tudo, atrações assustadoras, espetáculos 3D, e mascotes engraçadas. No entanto, ao contrário dos personagens da Disney, tirar uma foto com o seu favorito é surpreendentemente fácil.

O parque está dividido em diferentes áreas com base numa seleção de diferentes filmes, incluindo o Parque Jurássico, Tubarões, Regresso ao Futuro e Homem-Aranha. Para aqueles de nós que cresceram nos anos 80/90, trata-se de uma revisita nostálgica à nossa infância, mas também é uma experiência japonesa única, com atrações e mascotes criadas especificamente para o Japão. A nova adição ao elenco da Rua Sésamo do USJ é o pequeno e adorável personagem, Moppy. A atração do Snoopy também apenas existe no Japão, e estes extras fazem a visita valer a pena, mesmo que já tenha ido às versões americanas.

Devo admitir que é um pouco estranho ouvir Peter Parker, Arnie e Doc a falarem japonês, mas de forma alguma tirou o divertimento às atrações. A maioria dos sinais espalhados pelo parque e no interior das atrações estão escritos em inglês, como o escritório de Daily Bugle com as palavras inspiradoras de J. Jonah Jameson cravadas em muitas das paredes, o que me fez acreditar que muitos visitantes japoneses perdem muitos dos detalhes do parque.

O ambiente fá-lo sentir-se num filme com impressionantes cenários de Hollywood, Nova Iorque, São Francisco, e música de The Script, One Republic, The Fray e outras bandas reconhecidas a ser tocada no fundo, e dará por si a cantarolar enquanto está nas filas à espera.

A principal montanha-russa do parque, Hollywood Dream, tem uma característica musical interessante, em que os que procuram mais emoção podem escolher a música que ouvem durante as voltas da atração. Pode dizer-se que o parque podia ter mais algumas montanhas-russas grandes, já que a maioria das atrações, apesar de serem emocionantes, são dentro de casa, pelo que muito do ambiente do parque não é aproveitado pois passa a maior parte do tempo em longas filas dentro de casa.

O parque tem uma abundante seleção de restaurantes e cafés, incluindo uma recriação realística de Mel's Diner no filme American Graffite. Cada zona tem lojas e bancas de comida únicas que estão relacionadas com atrações e locais individuais. Quando vagueia pelo parque, tudo parece ser artificial, mas é fácil sentir-se como uma criança perdida no meio da fantasia, e por um dia, porque não?

Mais informação

Descubra mais sobre Universal Studios Japan (USJ)

0
0
Este artigo foi útil?
Help us improve JapanTravel.com
Give Feedback

Deixar um comentário

Thank you for your support!

Your feedback has been sent.