Aula de Fotografia num Jardim Japonês

Dicas para a câmara do seu telemóvel

Por Bonson Lam   

Tenju-an não é conhecido pelas suas cerejeiras, tornando-o num tesouro disfarçado, um oásis afastado das multidões que rodeiam a colina de Keage durante a época de observação de cerejeiras em abril.

Há séculos que este jardim é mais conhecido pelas suas folhas de bordo no outono. No entanto, há muito para ver aqui também na primavera, e a sua calma convida a fazer um passeio de meditação, sendo um santuário para monges e imperadores desde 1337. Ainda hoje, é considerado uma ode às técnicas avançadas de design de jardins da época, embora alguns elementos, como a ilha no lago ocidental, mostram o engenho dos designers do período Meiji que o melhoraram no século XIX.

A variedade das suas paisagens tornam-no numa delícia para os fotógrafos, com os vários ângulos para apreciar o lago de carpas e o jardim de pedras que desafia a maneira como pensa no design do jardim, na interação da luz e dos reflexos, bem como a forma como as texturas e as sombras da madeira e das folhas se complementam.

O seu tamanho compacto facilita a captura de elementos naturais e artificiais, mesmo que a sua câmara não possua configurações avançadas ou lentes especializadas. Também lhe permite experimentar a sua composição, incluindo ou excluindo os caminhos que rodeiam o lago. Deixe os seus olhos serem atraídos para a linha dos telhados e das montanhas ao longe, enquanto o seu reflexo no lago lhe dão uma imagem dupla, permitindo a criação de imagens que aumentam a sua licença artística. Atravesse a ponte de pedra e aprecie a forma como os jardineiros seculares transformaram as árvores em autênticas esculturas, atando-as com cordas. Por outro lado, o contraste entre o lago vítreo e a silhueta da ponte de tábuas de madeira contribui para uma ótima foto. Caminhe um pouco mais e capture a forma como a luz do sol cai sobre as árvores pela manhã, fazendo com que pareça neve à distância.

Este é um ótimo lugar para dedicar tempo e experimentar tirar fotos de diferentes ângulos e alturas, além de se disciplinar para não incluir demasiados elementos nas suas fotos.

Como chegar

O Jardim de Tenju-an é um sub-templo do Nanzenji, que fica a 10 minutos a pé da estação de metro de Keage. O metro é muito mais rápido do que os autocarros lotados que partem da estação de Quioto.

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

3
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original por Bonson Lam

Deixar um comentário