Estância Shozan em Quioto

Tranquilos jardins japoneses que se estendem por 116 000 ㎡

 Por Takako Sakamoto   27/07/2017

Situada no sopé do Monte Takagamine, a Estância Shozan de Quioto é uma gigantesca área turística composta por extensos jardins japoneses, arquiteturas japonesas antigas, casas de chá, uma capela para casamentos, piscina, pista de bowling, cinco restaurantes e um hotel resort.

Em 1951, Masao Matsuyama, fundador da empresa de quimonos "Shozan", desenvolveu uma parte de um enorme terreno que pertencia a um célebre artista no Período Edo, Honami Koetsu. Como Honami Koetsu, que criou uma aldeia para artistas neste local, no Período Edo, Matsuyama tentou recriar uma versão moderna dessa aldeia. Ele denominou esta estância de "Fábrica de turismo cercada de flores e vegetação", e construiu jardins japoneses espaçosos e mudou vários edifícios históricos japoneses para serem apreciados pelo público em geral. A entrada para a estância é gratuita, com exclusão do "Jardim Shozan". Como pode ver no vídeo, em especial à noite, todo o lugar é bastante romântico. Este será um ótimo lugar para dar um passeio de mãos dadas durante a época natalícia!

Filmado por Takako Sakamoto
Parceiro da JapanTravel
Traduzido por Alexandre Carvalho

Junte-se à discussão