Passadeira de Shibuya

A icónica interseção de Tóquio

Por Todd Wojnowski   04/11/2016

Muitas cidades têm marcos icónicos: a Estátua da Liberdade de Nova Iorque, a Torre Eiffel de Paris, a Grande Muralha de Pequim. Tóquio tem algumas características únicas, é claro, como a Tokyo Tower e a Skytree, mas para mim o marco que mais se destaca na cidade será sempre a passadeira de Shibuya.

É uma incontestável visita obrigatória para qualquer viagem a Tóquio.

A complexa interseção mesmo à porta da estação de Shibuya é uma representação de Tóquio em si mesma: ação em todas as direções. Três enormes telas de televisão montadas nos prédios voltadas para a passadeira funcionam durante todo o dia, enquanto o resto da área é coberta de luzes, propagandas e mais luzes. E isto é só quando olha para cima. Olhe para baixo, e verá a característica mais notável da zona: as pessoas. As pessoas estão constantemente a fluir de todas as direções indo para até mesmo outras direções. Todos se encontram no meio numa confusão frenética, chocando, desviando-se e contornando-se à medida que tentam atravessar.

Então, por alguns minutos, tudo pára. Estes são alguns dos meus momentos favoritos para ser um observador na passadeira de Shibuya: enquanto o tráfego começa o seu movimento, cada pequeno canto da intersecção enche-se mais e mais e mais, e assim que as pessoas começam a derramar na rua, as luzes de pedestres ficam verdes e o caos começa de novo.

A interseção é um local popular para filmes e media que têm lugar em Tóquio. Apareceu nos filmes "Lost in Translation" e "Velocidade Furiosa: Ligação Tóquio", surgindo também em vários vídeos de música, noticiários e programas animados. Como uma representação famosa do Japão moderno, fotógrafos e videógrafos estão constantemente a circular pela interseção, subindo para as faixas de guarda e posando nas entradas do metro numa tentativa de encontrar o melhor local para capturar a cena.

Ao passo que lutar através do caos no centro da interseção é algo que qualquer visitante de Tóquio deve experimentar, a passadeira de Shibuya é também uma das coisas mais calmas e pacíficas para assistir de longe. As empresas viradas para a interseção tiram partido da sua posição cénica e têm mesas e janelas viradas para a passadeira. Uma das mais populares é a Starbucks gigante situada em frente à estação de Shibuya. Além de ser um concorrente constante para a filial mais movimentada do mundo, a sua área para clientes no segundo andar tem um balcão junto às janelas que vão do chão ao teto, perfeito para apreciar a vista para a passadeira.

A área circundante de Shibuya é um destino animado e popular para pessoas de todos os estilos de vida. É um local popular da vida noturna, cheio de bares, discotecas e izakaya, e é bastante comum estar apinhada ao fim de semana. É também um bairro muito popular para compras. A própria estação de Shibuya é um enorme centro de comboios e metros de Tóquio. A sua saída Hachiko (saída nº8), que leva à passadeira de Shibuya, é enorme e está sempre movimentada, sendo um dos pontos de encontro mais populares da cidade. Muitas outras saídas do metro da estação também cercam a interseção.

A passadeira de Shibuya poderá nunca receber o status internacional de edifícios, torres e pontes de outras cidades, mas é sem dúvida uma representação inegável da cidade de Tóquio: muitas pessoas, muita ação e muita diversão.

A Japan Travel pode trazê-lo aqui. Reserve este tour agora!

Was this article helpful?

Reportar erros

0
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original by Todd Wojnowski

Deixar um comentário