Ilha de Miyajima

Um dos locais turísticos mais famosos do Japão

 Por JJ Walsh   20/02/2015

Miyajima é bastante popular, e está longe de estar sobrevalorizada. Se tem planos para vir à região de Hiroshima, não perca a oportunidade de passar um dia na ilha de Miyajima. Toda a ilha tem sido tratada como um local sagrado desde os tempos antigos, tanto que o mais proeminente santuário Itsukushima foi costruído a flutuar junto à ilha, e não no interior da mesma.

O santuário Itsukushima e alguns dos restantes edíficios históricos e religiosos da ilha são património da humanidade protegido da UNESCO.

A ilha é considerada desde há muito tempo um dos três locais mais pictorescos em todo o Japão, recebendo todos os anos mais turistas do que a Disneyland.

Ao viajar para a ilha de ferry, logo após vislumbrá-la, avistará o enorme Torii vermelho na água em frente ao santuário Itsukushima. Diz-se que o Torii e o santuário flutuante, bem como muitos dos restantes templos, santuários e pagodes da ilha são originários da era Heian. Próximo do santuário flutuante, no cimo da colina à esquerda, fica situado um pagode de 5 andares, e se subir a colina deparar-se-á com o enorme santuário Toyokuni, feito de madeira.

Se caminhar até à parte de trás do santuário Itsukushima, encontrará uma longa escadaria que leva ao famoso templo Budista Daisho-in. Ao subir as escadas para o templo, depois das rodas de oração, verá muitas estátuas interessantes de sacerdotes que serviram no templo (não há duas iguais). Este também é o local para a cerimónia religiosa chamada Hiwatarishiki (Abril e Novembro) onde os participantes caminham sobre carvão em brasa, esforçando-se para atingir a iluminação.

No lado oposto ao do santuário flutuante, encontrará o templo mais pequeno Daiganji com interessantes estátuas, adereços, e onde por vezes têm lugar espetáculos. Se continuar pelas ruas da vizinhança por trás do templo Daiganji, encontrará o aquário de Miyajima.

Deambular pelas ruelas com lojas de lembranças, hotéis e pequenos estabelecimentos é realmente agradável. Se seguir a rua principal por trás do santuário Itsukushima, ao subir e passar pelo posto dos bombeiros, estará a seguir em direção ao parque mais pitoresco da ilha. Este parque está repleto de árvores de bordo Momiji - especialmente belas no Outono quando as folhas explodem de cor, ou na Primavera quando o parque fica em tons de rosa com as flores de cerejeira.

Atravesse o parque e dirija-se ao cimo da colina em direção ao Mt. Misen a pé se desejar uma boa caminhada de uma hora, ou como alternativa apanhe o teleférico até ao topo da montanha. Será brindado com paisagens deslumbrantes do topo do Mt. Misen num dia de céu limpo. Daqui pode ver as ilhas circundantes situadas no mar interior Seto que envolve Hiroshima. No primeiro nascer do sol do Ano Novo, encontrará grupos razoáveis de pessoas à espera da primeira luz do novo ano no topo desta montanha.

Se ainda tiver tempo, pode conduzir, apanhar um autocarro ou táxi ou andar numa bicicleta alugada pela costa até à praia principal de Tsutsumigaura. Nos meses mais quentes, esta é uma praia popular para tomar banho, apanhar sol e praticar desportos aquáticos. Também há cabanas para aluguer, e um fresco e agradável parque de campismo. Este é o local do evento de música e dança internacional Sundance que tem lugar em Agosto todos os anos. Enquanto as praias do Seto-Naikai não vão por aí além a nível internacional, Tsutsumigaura é uma das melhores praias na região.

Ao longo do ano, há muitos mais festivais e eventos que têm lugar na ilha, mas há sempre algo interessante para ver independentemente de quando decidir visitar. Lembranças famosas da ilha incluem bolos Momiji-manji, com a forma de folhas de bordo, recheados com pasta de feijão doce, chocolate, creme de ovos, queijo e mais. As colheres de arroz Shakushi também são símbolos de "sorte" famosos na ilha, e pode inclusivamente ver uma enorme exposto junto aos correios no centro da rua comercial coberta.

Miyajima é também um dos maiores produtores de ostras para todo o país. Há um grande festival de ostras em Fevereiro, mas pode vê-las serem servidas de várias formas em restaurantes durante todo o ano.

Na ilha existem locais fantásticos onde ficar que oferecem comida espetacular, paisagens fantásticas, e banhos ao estilo japonês em ambientes tranquilos. Uma das vantagens de ficar na ilha é ter a oportunidade de ver os locais mais famosos e as paisagens mais deslumbrantes sem ter muita gente por perto. Pode tornar-se numa esperiência realmente romântica e meditativa.

Há muitos visitantes que, em vez disso, desfrutam de viagens de ida e volta no mesmo dia à ilha, pois o alojamente é caro, e não há muito para fazer na ilha depois de anoitecer. Se estiver interessado em Miyajima, mas quiser manter as suas opções em aberto, talvez possa passar todo o dia desde manhã cedo até ao pôr-do-sol para poder apreciar as paisagens espetaculares e o charme da ilha.

Escrito por JJ Walsh
Membro da JapanTravel
Traduzido por Andre Moreira

Junte-se à discussão