Delícias da Confeitaria Tradicional Japonesa

Wagashi da melhor qualidade

Por Ines Matos   21/10/2017

Praticamente às portas do magnífico castelo de Himeji está uma pequena confeitaria que produz artesanalmente os melhores wagashi. É preciso depurar o seu paladar para apreciar esta confeitaria singular, na qual o açúcar é moderado, as texturas são tudo, e a beleza está sempre dependente do acordo com a sazonalidade. 菓匠白鷺堂本舗, ou a "confeitaria do templo da garça branca", sendo esta uma tradução muito livre do nome do dito estabelecimento, apresenta-nos pequenos e modestos doces e o chá que lhes corresponde, sempre com muita variedade ao longo das estações do ano. Aqui pode apreciar receitas com vários séculos de antiguidade, feitas hoje como eram no tempo em que as senhoras vestidas de quimono deslizavam pelo chão de madeira do Himeji. Sim, o castelo pode ver-se a partir da janela da confeitaria, branco como uma garça real, daí o nome.

Esta pequena confeitaria não é uma casa de chá tradicional, por isso não tem de se incomodar com os maneirismos da etiqueta, nem tirar os sapatos, nem sentar no chão, mas pode ter a certeza que tudo o mais é do mais puro estilo cha-dō. Pode escolher o menu macha, se desejar realmente reproduzir a experiência do ritual. Mas também pode optar por menus com outros tipos de chás e de doces. Caso queira fazer compras em maior quantidade, por exemplo para oferecer aos amigos ou mesmo para mandar para outra parte do Japão, pode contar com o serviço de entregas à distância. A loja tem acordo com a empresa de takkyubin (entrega de encomendas ao domicílio) e por isso pode enviar as suas compras - cuidadosamente embaladas - para um hotel local, para casa de amigos ou familiares em qualquer parte do Japão, ou até por avião para o seu país de origem! Naturalmente esta última opção vai fazer com que os doces lhe fiquem um pouco caros, mas enfim, se gostou assim tanto...

Não perca a oportunidade de passar neste recanto (ainda) sem turistas, entre a visita ao Himeji e a visita ao Jardim Japonês, e retempere forças com um bom chá e pequenas delícias dignas dos deuses!

Escrito por Ines Matos
Membro da JapanTravel

Deixar um comentário