2 Semanas de Wi-Fi Gratuito para Turistas

Turistas podem acessar a internet gratuitamente com a NTT East

Por Todd Wojnowski   

Para quem reputação de um país tecnologicamente avançado, o Japão está terrivelmente atrás de muitas outros lugares do mundo em termos de WiFi. O WiFi existente quase nunca é livre e quando é, é lento e pouco confiável. Isso torna a vida difícil para viajantes. Um programa que foi feito para solucionar este problema é o serviço de WiFi gratuito para turistas oferecido pela NTT East, uma grande empresa de telecomunicações no Japão.

Este serviço da NTT East fornece acesso gratuito à internet aos turistas por 14 dias (336 horas). O serviço é facilmente adquirido em muitos dos principais pontos no leste e norte do Japão e pode ser acessado em mais de 30.000 hotspots.

O primeiro passo é pegar o panfleto e o cartão "Free WiFi" de um dos muitos locais nos arredores de Yokohama, Tokyo (Akihabara, Harajuku, Asakusa etc) até o norte (Nikko, Nagano, Miyagi, Niigata) e até mesmo em Sapporo. A lista de pontos de distribuição pode ser encontradas no site. Como este programa está disponível apenas para os turistas, é preciso trazer o seu passaporte para obter o cartão. Basta olhar para os sinais de rosa "Free WiFi", como mostrado nas fotos postadas neste artigo.

Depois de obter o panfleto e cartão então você pode efetuar logon no sistema em uma dos mais de 30 mil hotspots em todo o país (cuja lista também pode ser vista aqui, incluindo mapas completos em PDF da área de Yokohama e que também são mapeadas na janela de entrada quando você se connecta). Acessar a internet é fácil e envolve apenas seguir as instruções explicadas no panfleto. O serviço também está disponível em coreano, chinês e chinês regional (Taiwan e Hong Kong).

Falando da minha experiência pessoal, peguei meu panfleto e cartão no Posto de Informação Turística na Estação de Yokohama, que está localizado entre as duas saídas dos trens JR no portão central. Uma grande bandeira rosa "Free WiFi" me indicou que eu estava no lugar certo. A pessoa que trabalha na mesa falou um excelente inglês e não só me passou os materiais mas como também me acompanhou passo-a-passo através do processo de inscrição e login. Tentei então me conectar a alguns hotspots diferentes localizados na área - funcionou muito bem em 2, mas por alguma razão não fui capaz de se conectar a um terceiro, que era uma loja de departamentos ligado à Estação de Yokohama. No entanto, no Posto de Informação Turística, a mulher mencionou que aquele hotspot era novo e era possível que ele ainda não estivesse em funcionamento.

Este é um grande serviço para turistas e viajantes andando pelo Japão.

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

0
0
Roberto Tongu

Roberto Tongu @roberto.tongu

Nikkei da cidade de São Paulo, Brasil, tem quase 25 anos de vivência no Japão. É o Regional Partner da Japan Travel responsável pela parte em português.

Original por Todd Wojnowski

Deixar um comentário