Hattifnatt

Café em Koenji saído diretamente de um conto de fadas

Por Hannah Bambra   06/02/2016

Se você entrasse numa sala cujas paredes estivessem pintadas com uma paisagem numa floresta com coelhos, pandas, meninas a lamber chupas e coalas agarrados às árvores, iria imediatamente pensar que uma senhora grávida tinha ficado maluca com os preparativos para a sua criança. A não ser que esteja em Tóquio. Koenji é um dos locais preferidos por muitas pessoas que perseguem a cultura e compras vintage. Escondida nas vielas de Koenji está o Hattifnatt, um café que combina a ilustração desde as paredes até ao seu próprio matcha latte (que, digo já: é cremoso e delicioso).

A porta da frente do Hattifnatt parece que saiu da Alice no País das Maravilhas, pois você quase que entra num mundo alternativo depois de se baixar para entrar pela sua pequena e peculiar abertura. Depois de ser recebido pela cozinha aberta, um lance de escadas íngreme espera-o. Há lugares rodeados de ilustrações, arte e flores aqui no primeiro andar. No entanto, se estiver com um grupo ou com a sua cara-metade e quiser relaxar um pouco, suba mais umas escadas e chegará ao seu terreno isolado. Aquela diversão de se esconder numa casa na árvore em criança voltará rapidamente até si.

Todo o Hattifnatt transmite esta sensação única e rústica. Os bancos e as colheres são de madeira não polida, o menu vem dentro de uma capa costurada à mão, e as refeições são servidas nas loiças caseiras onde são cozinhadas.

Os pratos servidos frequentemente têm uma peça de crochê por baixo, para transmitir um pouco de conforto no inverno. Também quente e reconfortante é a comida, melhor descrita como uma fusão entre cozinha japonesa e italiana. Apenas digo isto pois, apesar de deliciosas, as refeições não são claramente tradicionais de Itália, mas sim baseadas nos sabores e no estilo italiano. O prato de tomate e mozzarella está bastante próximo da tradicional salada Genovesa com um rico e suculento molho pesto. 

O menu de almoço do Hattifnatt consiste maioritariamente em pratos com arroz e caril, e à noite são servidas pizzas, algumas com coberturas simples e tradicionais como a Margherita, anchovas e azeitonas pretas, Genovesa e vegetais frescos, e outras com opções mais radicais como a pizza de queijo e caril e bacon com batata.

Enquanto o matcha latte e o chocolate quente praline são as minhas sugestões, o Hattifnatt também serve alguns cocktails tradicionais para aqueles que estiverem a celebrar ou para os que quiserem mostrar a sua maioridade neste cenário kawaii. Alguns dos disponíveis são Ice Tea Italiano (Ameretto, granadina e chá oolong), Cuba Libre (rum branco e cola), gim e tónico e um bom velho Blood Mary. O Hattifnatt também tem outro estabelecimento aberto em Kichijoji, uma zona igualmente adorável que fica mais para oeste na linha local Chuo. Para chegar até ao seu estabelecimento em Koenji, saia da estação de Koenji pela saída norte, atravessa a rua e continue a caminhar para norte/nordeste até encontrar uma loja Jeans Mate aberta 24 horas por dia e um grande Pachinko. Vire à direita e continue para baixo até chegar a um entroncamento. O Hattifnatt fica imediatamente a seguir a virar à direita. Se quer ir ao Hattifnatt, então sem qualquer sombra de dúvidas gosta de coisas giras. Mesmo junto ao café há uma pequena loja que vende produtos de artesanato (joalharia, carteiras, brinquedos, arte, etc.) que também vale a pena espreitar.

Was this article helpful?

Reportar erros

0
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original by Hannah Bambra

Deixar um comentário