Tóquio para Miúdos

O guia para quem viaja com crianças na capital do país do sol nascente

Por Ines Matos   06/10/2018

Tóquio não é apenas um bom destino para os fãs de animação, os fãs da cultura japonesa, os casais em passeio romântico ou os amigos aventureiros. Na verdade, Tóquio é muito mais familiar do que se pensa, e um destino muito bom para viajar com crianças! Neste artigo vou apresentar-lhe três coisas que pode fazer com os seus petizes, e mais algumas dicas extra. Prontos? Ora cá vamos nós...

1 - Visitar o Miraikan: o Museu Nacional das Ciências Emergentes e da Inovação

"Miraikan" significa literalmente "O Museu do Futuro", e este é um nome muito apropriado. O complexo fica localizado em Odaiba, na baía de Tóquio, junto ao Museu da Ciência Marítima. É servido pela estação de Aomi e também existe nas proximidades o impressionante Centro Panasonic (só ver por fora já é memorável). A entrada custa 4,70 euros para adultos e 1,60 para crianças (acesso à exposição permanente) e recomenda-se que conte com umas três horas para visitar tudo. Carrinhos de bebé? Sem problema, está tudo preparado para isso. A exposição permanente divide-se em três núcleos: "explora as fronteiras", "cria o futuro", "descobre a terra"; existem workshops de ciência e uma agenda de eventos bem cheia (consulte o site oficial), tudo em várias línguas, e o inglês é uma delas. Ser guiado por um robô com inteligência artificial? Check. Ter uma experiência simultaneamente divertida e pedagógica? Check. Reflectir sobre a Natureza, a Humanidade e a Ciência, através de propostas simples colocadas por vários "Nobel" ? Check. O Japão reinventou a forma como imaginamos a ligação entre a tecnologia e o futuro: chama-se Miraikan.

Bónus: muito perto do museu, entre a estação de Daiba e a de Aomi, está a mega-estátua de Gundam. Se os seus miúdos gostam dos Transformers, vão adorar isto!

2 - Ninja Akasaka - a experiência ninja e a de um restaurante numa só

A ideia tem tudo para ser genial, e de acordo com quem lá foi, é mesmo! Imagine um restaurante que é tão ninja, tão ninja, que até a entrada é uma porta secreta. Se der com ela, parabéns, tem direito à experiência. Os funcionários estão vestidos como os famosos e ágeis mercenários do passado, e fazem algumas manobras e encenações que são meramente teatrais mas encantam toda a família. Os pratos têm uma decoração temática, a luz faz parte do pacote, e há muitas surpresas que aqui não revelamos para não estragar a visita. Não é dos restaurantes mais baratos, mas é certamente único!

O restaurante fica muito perto da estação Akasaka Mitsuke, pelo que é de fácil acesso. Procure o Edifício Akasaka Tokyu Plaza, do lado oeste da estação. Caminhe encostado ao edifício, na direcção norte, e verá que a parede passa a estar coberta de um revestimento de traves de madeira escura. Continue encostado ao edifício até ver uma porta dissimulada. Estará aberta, mas a única coisa que se vê é um pano com a palavra "Ninja". Aventure-se!

3 - Andar de barco a remo no Lago de Inokashira

O Parque de Inokashira fica mesmo ao lado da Estação de Kichijoji. Nesta grande área de natureza (e de acesso livre) existe um lago e um canal onde pode andar de barco a remos, algo que aliás é muito popular entre os Tokyoítas na época das cerejeiras em flor, já que o lago está rodeado de sakura. Existem também barcos a pedais especialmente indicados para as crianças. Nem todos os parques da cidade permitem piqueniques, mas neste está à vontade para merendar na relva.

Bónus: os seus filhos já são adolescentes e querem um barco só para eles? Boa, deixe-os pedalar à vontade que os pais podem dar um passeio romântico num dos barcos em forma de cisne.

De um modo geral, Tóquio é uma cidade segura para famílias com crianças. Verifique que os seus miúdos conhecem bem a localização do alojamento e como irem lá ter sem se perderem (podem pedir a um polícia que os leve). É importante ter sempre água e chapéu quando viajam no Verão, pois em Agosto, por exemplo, as temperaturas são altas e, pior ainda, a humidade é extremamente elevada, o que pode levar facilmente a golpes de calor e insolação nos mais novos. Tenha especial atenção às alergias alimentares, já que muitos pratos que não são de peixe têm na mesma ingredientes feitos a partir de peixe, marisco e algas.

Escrito por Ines Matos
Membro da JapanTravel

Deixar um comentário