A Magia Secreta do Tosho-gu - 1

Local de poder supremo feito por Ieyasu e seguidores

Por Tomoko Kamishima   05/02/2015

Aquando da sua construção no século XVII, o Santuário Tosho-gu de Nikko era um único e completamente novo tipo de santuário no que tocava aos seus ricos edifícios e desenho de todo o complexo. Porquê e como foi construído, e qual era o objetivo deste santuário? Gostaria de considerar estas e outras questões nesta série.

O plano secreto de Ieyasu

Tokugawa Ieyasu foi o fundador do Xogunato Tokugawa e o seu poder político permaneceu por 260 anos, sendo transmitido aos seus descendentes. Ieyasu nasceu em 1542 em Aichi e faleceu em 1616 em Shizuoka, e deixou instruções rigorosas quanto ao seu funeral. De acordo com Honko Kokushi Nikki『本光国師日記』, misterioso será dizer que, ele ordenou que o seu corpo fosse sepultado em Shizuoka, mas que a cerimónia funerária tivesse lugar em Edo, e que um santuário em Nikko fosse construído um ano mais tarde. Porquê? Não é estranho que ele quisesse que três rituais diferentes tivessem lugar em três locais diferentes após a sua morte? Diz-se que se tratava de uma técnica mágica secreta que Ieyasu usou para assegurar a continuação do Xogunato Tokugawa. Com base em informação recolhida de Edo no Onmyoji 『江戸の陰陽師』por Kenji Miyamoto, gostaria de lhe mostrar alguns dos detalhes.

Linhas mágicas e o caminho para Polaris

Antigamente, acreditava-se que Polaris era o Rei das Estrelas no mundo Oriental. Todas as outras estrelas moviam-se em torno de Polaris, que ficava no centro. Ieyasu estava muito bem informado acerca das crenças do Xintoísmo, Budismo, Confucianismo, Taoísmo, e Onmyo-do (caminho do Yin e Yang). Ao tirar total partido destes segredos religiosos, ele procurou consagrar a sua própria alma imortal e proteger o Xogunato. Ele usou linhas especiais para ligar o seu local de nascimento, o seu local de enterro, o Mt. Fuji, o Castelo de Edo e o local onde o seu corpo ficaria guardado.

A linha que liga o seu local de nascimento ao seu local de enterro vai de forma perfeita de Este para Oeste. Fica no mesmo caminho do sol, tendo o significado de regeneração. E a linha que liga o seu local de enterro ao Mt. Fuji passa por Nikko. Dado o Mt. Fuji simbolizar a eternidade, a sua alma regenerada ganharia poder imortal. Ao mesmo tempo, o santuário Tosho-gu de Nikko fica diretamente a Norte do Castelo de Edo - a residência do rei (Xógum) deste mundo. Ieyasu pensou então que Tosho-gu seria a residência do rei do mundo depois da morte. Como resultado, ele morreu e foi regenerado em Shizuoka, e então a sua alma foi transferida para Nikko para se tornar no rei do universo, em referência a Polaris. O caminho do Castelo de Edo para o Santuário Tosho-gu é eventualmente um caminho para Polaris.

Os Três Desenhadores de Tosho-gu

Para a eventual concretização do plano de Ieyasu, três desenhadores utilizaram toda a sua perícia para construir o santuário de Tosho-gu. Eles eram Tenkai (天海) que realizou as várias cerimónias secretas, Kano Tanyu (狩野探幽) que desenhou e terminou as esculturas, e Kobori Enshu (小堀遠州) que usou as mais recentes técnicas paisagísticas para criar a imagem total do Tosho-gu.

Cerimónias de Tenkai

Tenkai era um sacerdote Budista de alto nível com um profundo conhecimento acerca de Xintoísmo, Taoísmo, e Onmyo-do. Tenkai trabalhou como conselheiro especial de Ieyasu no final da sua vida. Tenkai utilizou um método secreto para tornar a alma de Ieyasu num Deus. No Budismo, quando as pessoas morrem, as suas almas vão para o Jodo (paraíso) ou para o Jigoku (inferno). Todos esperam alcançar o Jodo, mas com Ieyasu era diferente. Ele entregou a sua alma para o Xogunato Tokugawa em Edo e mais tarde passou por uma cerimónia de regeneração em vez de ir para o Jodo. A razão é que uma vez que uma alma humana se eleva a Deus, consegue obter um poder extraordinário. Ieyasu desejava tornar-se Deus para que pudesse proteger o Xogunato Tokugawa e desenvolver Edo.

Esculturas de Kano Tanyu

Kano Tanyu era o melhor pintor do Japão e tinha um grande grupo de pintores assistentes (que eram inclusive membros da sua família) a trabalhar para ele. Não só ele tinha uma grande perícia e talento para produzir belas obras de arte, como Kano também tinha um vasto conhecimento sobre os significados ocultos em pinturas e desenhos. Kano acreditava que cada decoração ou ornamento tinha poder, e quando estavam ligados e organizados num certo espaço, funcionavam todos em conjunto provocando uma enorme influência no mundo. Ele desenhou todas as esculturas e decorações no Tosho-gu e criou-as de tal maneira que o Tosho-gu se tornasse no local de poder supremo do universo.

Sobre esta série

Na série "A Magia Secreta do Tosho-gu", gostaria de lhe apresentar o significado secreto das esculturas do Tosho-gu em três artigos. Por favor aceda à continuação através do índice abaixo.

1 - Local de poder supremo feito por Ieyasu e seguidores

2 - Sinais escondidos por trás de muitas esculturas

3 - Estilos Neo-Ocidentais aplicados no desenho do terreno

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

0
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original por Tomoko Kamishima

Deixar um comentário