Viajando de barco pela Baía de Ine

Desfrute das casas flutuantes e da paisagem natural

Por Bonson Lam   07/10/2016

Já viu esta paisagem de sonho antes? Foi nos seus sonhos? Ou foi numa novela de televisão ou filme? Sim, às vezes os sonhos e a realidade podem encontrar-se, e com o bater das ondas no seu barco, talvez consiga encontrar o príncipe ou princesa dos seus sonhos entre as casas flutuantes da Baía de Ine, na Península de Tango.

Estas casas flutuantes estão aqui há muitas gerações, e ainda são usadas ​​hoje por pescadores e outras pessoas do mar. O rés-do-chão abre para a água, e é usado para estacionar os barcos e os seus equipamentos. No piso superior ficam os alojamentos. Por vezes pode ver os habitantes locais a pendurar a sua roupa para secar, e noutras vezes, a secar polvo e outras iguarias do mar. Imagine sair da casa flutuante todas as manhãs na estrada aquática, e voltando à noite, com os céus limpos do campo cheios de milhares de estrelas. Este é um dos pontos turísticos mais originais e encantadores do Japão rural, e tem sido destacado em vários documentários, séries televisivas e filmes.

A partir das 09:00, todas as manhãs, a empresa de cruzeiros local passa junto a esta baía e às ilhas próximas, algumas intocadas pelo homem e mostrando a natureza em toda a sua glória. Quando visitar esta região com espetaculares pontas de mar e cadeias de montanhas com milhões de anos, a pulsação do seu coração adapta-se ao ritmo deste reino majestoso. Há algo muito profundo que me atrai a este lugar. Talvez sejam as montanhas escarpadas que resistiram ao teste do tempo e da existência humana, ou o silêncio ao final da tarde, onde o único som que se ouve é o vento suave soprando através da via aquática.

Se ficar no próximo Maruichi Funaya, poderá relaxar e desfrutar dos mariscos locais ao pequeno-almoço, e dormir tranquilamente à noite ao som da água a bater, ou assistir ao nascer da lua sobre a Baía de Wakasa. E na manhã seguinte, dirija-se à vizinha Praia de Honjohama. É bastante tranquila, mesmo no verão, e poderá ser capaz de nadar com os peixes. A região é famosa pelas ostras no verão, e pelos caranguejos no inverno, por isso este é um lugar para visitar em qualquer altura do ano.

Enquanto estiver na região, vá até Amanohashidate, uma das três famosas vistas panorâmicas no Japão. São apenas 50 minutos de Inemachi-Yakuba mae até à estação de Amanohashidate de autocarro Tamba. E se vier do cruzeiro de barco, entre no autocarro na paragem de Hinode.

Este artigo foi útil?

Sugerir uma alteração

0
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original por Bonson Lam

Deixar um comentário