Museu Fujiko F. Fujio, Kawasaki

Divirta-se com o Doraemon!

Por Sarah Mathews   05/04/2015

Talvez nunca tenha ouvido falar de Fujiko F. Fujio, mas certamente conhecerá pelo menos uma das suas criações: Doraemon! Trata-se de uma série de manga japonesa criada por Fujiko F. Fujio, e o Doraemon é o engraçado desenho animado gato robô azul que pode ser encontrado por todo o Japão. Vamos ser honestos, quem é que não gosta dele, mesmo não conhecendo nada da história?

Há pouco mais de um ano atrás, o museu dedicado a Fujiko F. Fujio e a todas as suas criações (fiquei surpreendida quando soube que havia muitas mais além do Doraemon) abriu na cidade de Kawasaki. As estações mais próximas são Noborito (a partir de onde existe um autocarro para o museu) e Mukogaokayuen (dá para ir a pé).

Tal como no Museu Ghibli, deve comprar os seus bilhetes com antecedência, através da Lawson, e há 4 horas de entrada por dia (10:00, 12:00, 14:00 e 16:00). Não existe limite para o tempo que pode permanecer no interior. Eu e os meus amigos entrámos às 10 a.m. e só saímos depois das 2 p.m., por isso leve o seu tempo durante a visita.

Depois de entrar, receberá uma curta explicação sobre o funcionamento do museu, e depois terá a liberdade de o explorar como bem entender. O museu divide-se em três andares, começando com área de história interativa e informativa muito interessante. Aqui receberá um guia áudio (também está disponível inglês) para o ajudar a navegar pelas várias exibições, situadas em dois andares. Também há um cinema que projeta um curto filme do Doraemon a várias horas do dia, um parque infantil no exterior com várias réplicas de tamanho real dos desenhos animados do Doraemon (como por exemplo a famosa 'dokodemo doa') e um café.

Toda a comida servida no café é temática e tem de ser vista para acreditar! Tudo o que eu e os meus amigos pedimos estava delicioso! Se conhecer um pouco dos desenhos animados do Doraemon, ficará impressionado pelas suas criações. O café tende a encher muito depressa, por isso sugiro que vá o mais cedo possível (foi o primeiro sítio onde fomos). Se estiver cheio, ser-lhe-á dado um número, no entanto terá de estar na zona de espera quando o número for chamado, caso contrário eles atribuem o seu lugar à próxima pessoa na fila. Junto ao café também existe uma pequena zona onde pode comprar para levar, que serve comida diferente da do café.

Também há um canto de leitura onde pode relaxar e ler manga do Doraemon, e se for com crianças, também existe um parque infantil exclusivo para crianças no interior.

E quando estiver pronto para se ir embora, à saída existe, como é óbvio, uma loja de lembranças, que vende tudo e mais alguma coisa que alguma vez poderia imaginar que esteja relacionado com as criações de Fujiko F. Fujio.

Was this article helpful?

Reportar erros

0
0
Andre Moreira

Andre Moreira @andre.moreira

Born in the Portuguese countryside in 1990, I've been living in Japan since 2012. After finishing my Computer Engineering University Course in Lisbon, Portugal, I decided to study Japanese in Tokyo, with the purpose of continuing my studies there. After one year of studying of the language, I entered a Japanese Professional College where I finished my study in 2015. I am now working in a videogame Japanese company as Motion Designer. I also write in my blog about Japan. My goal is to introduce Japan to anyone who is interested in the culture, the language, the music, the anime, the food, and so on. And that's what you can find there: everything! Plus, my experience here as a Portuguese expat. You can access through this link: The Rising Sky Blog Should you have some questions on how to come to Japan, what to do, where to study, etc., feel free to contact me!

Original by Sarah Mathews

Deixar um comentário