Crie O Seu Próprio Souvenir!

Workshops de arte e artesanato em Quioto

Por Ines Matos   23/08/2017

De todas as cidades japonesas, Quioto é aquela que recebe mais reconhecimento internacional pelas suas artes tradicionais e património cultural. Sem dúvida Quioto é um dos lugares que todos os visitantes do país do sol-nascente querem conhecer! Mas já lhe ocorreu que pode experimentar fazer algumas das coisas bonitas que vê nas montras e nos museus? Com efeito, o Japão tem uma abordagem única em relação ao saber-fazer do artesanato. Para a mentalidade japonesa, é muito importante manter estes saberes vivos. Por isso mesmo, o Japão tem um grande número de centros de artesanato, em todas as cidades e vilas, mesmo nas mais pequenas, nas quais os cidadãos e também os visitantes podem aprender e divertir-se, criando.

Se estiver por Quioto e com vontade de dar descanso a tanta correria pelas ruas, vendo museus e templos atrás uns dos outros, considere a opção de acalmar a mente e repousar o corpo ao mesmo tempo que exercita o seu lado lúdico e criativo. Não é o único centro do género na cidade, mas o Kyoto Handicraft Center é um dos mais acessíveis, tanto pela localização como pelo preço e por ter informações em várias línguas. Os artesãos que aí expõem os seus trabalhos (também pode comprar obras feitas por profissionais) dispõem-se a apresentar-lhe algumas técnicas básicas, e poderá escolher várias experiências de workshop, com a duração aproximada de uma hora cada. O que criar será certamente um “souvenir” inesquecível.

O Kyoto Handicraft Center fica mesmo por trás do santuário xintoísta Heian, uma das principais atrações históricas da cidade, por isso pode associar as duas visitas. O bairro onde se encontra tem o nome Shogoin Entomicho. Pode visitar este espaço dentro do horário de funcionamento das galerias, o que lhe permitirá visitar as exposições temporárias e também a loja do complexo. Consulte o site (em inglês) para ficar a par da oferta. Se viajar com crianças, esta é uma experiência muito recomendada para toda a família!

Escrito por Ines Matos
Membro da JapanTravel

Deixar um comentário