Para muitos, os filmes de animação de Hayao Miyazaki são uma porta de entrada para um eterno fascínio pela cultura japonesa. Dos arrozais cor de esmeralda de "O Meu Vizinho Totoro" aos banhos fumegantes de "A Viagem de Chihiro", as imagens dos filmes de Miyazaki, produzidas pela sua empresa Studio Ghibli, deixam uma impressão marcante nos seus espectadores, desde jovens a idosos.

O Museu Ghibli é a outra face extravagante do grupo de produção do Studio Ghibli. Aqui, os visitantes ficam imersos no mundo criado por Miyazaki e a sua talentosa equipa. Escadas de ferro em espiral, um majestoso hall de entrada e vitrais estampados com personagens familiares dos filmes marcam a transição dos visitantes do mundo exterior para o mundo fantástico no interior. Embora seja talvez o mais significativo, é um dos muitos lugares no Japão inspirados no Studio Ghibli e na sua herança de anime.

Exposições no Museu Ghibli

O museu está dividido em vários espaços de exposição:

O espaço “Onde Nasce um Filme” cobre o primeiro andar, acompanhando o progresso de uma obra-prima de Miyazaki, desde o painel de desenho até ao à sala de corte. Espaços como “Um Quarto de Menino” oferecem aos visitantes um vislumbre do que pode inspirar o cineasta. Outras exposições detalham o processo de desenho de storyboards e posterior introdução de cor. Pilhas de livros no chão, latas com lápis e resmas de papéis dão à exposição a sensação de estar a viver na cena, como se o próprio Miyazaki se tivesse apenas ausentado um momento para tomar uma chávena de chá.

A sala de leitura "Três Falcões" é o lugar perfeito para se rodear de alguns dos livros recomendados por Miyazaki. Embora estejam principalmente em japonês, mesmo os visitantes mais novos podem desfrutar folheando as histórias ilustradas para verem os personagens que inspiraram o cineasta na sua jornada. Fique alguns minutos ou passe aqui uma tarde - o espaço está aberto a todos por um tempo ilimitado.

Detalhe do exterior do museu (Photo: Tom Roseveare)
Detalhe do exterior do museu (Photo: Tom Roseveare)

O museu também organiza exposições especiais durante todo o ano sobre temas específicos. No passado, estas exposições abordaram temas que vão desde a representação de alimentos nos filmes Ghibli, a máquinas criativas do mundo da ficção científica e fantasia, e a explorações detalhadas de algumas das criações mais populares do Studio Ghibli.

A exposição atual, "Pintando as Cores dos Nossos Filmes", explora o uso da cor para dar toques realistas às obras dos fundadores Isao Takahata e Hayao Miyazaki. O evento tem lugar entre 17 de novembro de 2018 e novembro de 2019 (data provisória).

Para os que visitarem o Museu Ghibli à hora de almoço, o Straw Hat Cafe, no recinto do museu, serve pratos normais e também especialidades que podem ser encontradas nos filmes de Miyazaki. Considere um prato de bacon e ovos do castelo de Laputa ou o bolo de chocolate de "Kiki - A Aprendiz de Feiticeira".

Destaques do Museu Ghibli

O museu está repleto de momentos icónicos de Ghibli, com personagens que serão certamente reconhecidos por todos. Crianças até 12 anos adoram brincar no “Cat Bus” de peluche, uma versão mais pequena do veículo felino original que apareceu no clássico "O Meu Vizinho Totoro". No terraço do museu, um robô soldado de Laputa ("Castelo no Céu"), de cinco metros de altura, ocupa o cenário. Não deixe escapar nenhum canto do museu, e descubra portas de todos os tamanhos, vitrais verdadeiramente únicos e personagens escondidos onde menos espera.

Robô de Laputa no terraço do museu (Photo: Shutterstock)
Robô de Laputa no terraço do museu (Photo: Shutterstock)

Com certeza única será a oportunidade de assistir a uma curta-metragem original do Studio Ghibli no cinema do museu, o Cinema Saturno. O filme muda de tempos a tempos, e a produção atual (à data da publicação original deste artigo) apresenta uma turma de alunos da pré-escola numa grande aventura. Fique até ao final do filme, altura em que o teto abobadado do cinema se abre para o céu.

Não se vá embora sem passar pela loja de lembranças do museu - Mamma Aiuto, de "Porco Rosso" - no terceiro andar, onde uma série de produtos Ghibli tenta até os compradores mais relutantes. Aqui poderá encontrar não só peluches e DVDs (como seria de esperar), como também artigos que vão de puzzles a postais e loiças de porcelana estampadas com personagens populares. Os verdadeiros fãs podem comprar um modelo 3D do próprio museu, reproduzido até aos mais pequenos detalhes.

Como obter bilhetes para o Museu Ghibli

Não é exagero dizer que os bilhetes para o Museu Ghibli são dos mais populares da cidade. O museu esgota regularmente os seus bilhetes de fim-de-semana poucas horas após serem postos à venda, e as datas que coincidem com as férias escolares esgotam sempre rapidamente.

Os bilhetes para o Museu Ghibli são postos à venda às 10:00 do dia 10 do mês anterior. Isto significa que, para os visitantes que planeiam uma visita em maio, os bilhetes estarão à venda no dia 10 de abril às 10:00.

Os horários de entrada estão divididos em quatro - 10:00, 12:00, 14:00 e 16:00 - apesar de, uma vez no interior, possa prolongar a sua visita livremente.

Um detalhe fantástico do Museu Ghibli é que cada bilhete contém uma pequena película de um dos filmes.

Película que vem junto com o bilhete (Photo: Mandy Bartok)
Película que vem junto com o bilhete (Photo: Mandy Bartok)

Normalmente, os bilhetes apenas podem ser adquiridos através do distribuidor autorizado, a loja de conveniência Lawson. No caso dos bilhetes de grupo, estes podem ser reservados através da JTB no estrangeiro.

  • Para os que residem fora do Japão, os bilhetes podem ser comprados online no site da Lawson a partir do dia 10 do mês anterior às 10:00 (horário do Japão).
  • Para os que se encontram no Japão, os bilhetes também podem ser comprados nas máquinas Loppi nas lojas de conveniência Lawson. O site do Museu Ghibli disponibiliza um excelente guia passo a passo, em japonês e inglês, sobre como comprar os bilhetes na loja de conveniência.
Quiosque Loppi na loja de conveniência Lawson (Photo: C. Reviver (CC 3.0))
Quiosque Loppi na loja de conveniência Lawson (Photo: C. Reviver (CC 3.0))

Os preços dos bilhetes variam entre 1000 ienes para adultos, 700 ienes para jovens entre os 13 e os 18 anos, 400 ienes para crianças entre os 7 e os 12 anos e 100 ienes para crianças entre os 4 e os 6 anos. Crianças com menos de 4 anos de idade têm entrada gratuita. Cada pessoa pode comprar até seis bilhetes.

Note que todos os bilhetes DEVEM ser comprados com antecedência. NÃO HÁ bilhetes disponíveis no museu.

Várias agências de viagens online e empresas fornecedoras de atividades também disponibilizam serviços para a compra de bilhetes para o Museu Ghibli sem ter de se preocupar, além da inclusão em pacotes com excursões diárias.

Como chegar ao Museu Ghibli

O Museu Ghibli localiza-se a oeste de Tóquio, a meio caminho entre as estações da Linha Chuo de Mitaka e Kichijoji.

Sinal indicador do museu (Photo: Tom Roseveare)
Sinal indicador do museu (Photo: Tom Roseveare)

Para a maioria dos visitantes, o acesso mais fácil é a partir da saída sul da estação de Mitaka, onde pode apanhar um autocarro que circula das 7:00 às 20:00 (pode consultar um horário completo no site do Museu) entre o Museu Ghibli e a estação. O autocarro tem um custo de 210 ienes para uma viagem de ida e de 320 para uma viagem de ida e volta.

Junto à estação (Photo: Unsplash)
Junto à estação (Photo: Unsplash)

Quando o tempo está bom, o museu também pode ser acedido a partir da estação de Mitaka a pé, numa caminhada de 15 minutos ao longo do pitoresco canal Tamagawa Josui.

Coisas que deve saber antes de visitar

Note que caso o bilhete tenha o seu nome escrito, a sua identificação é necessária para entrar no museu. (Este é geralmente um requisito para bilhetes comprados diretamente na loja de conveniência Lawson.) Certifique-se que leva consigo o passaporte ou bilhete de identidade, pois os funcionários do museu verificarão à entrada.

Muito pouco do museu tem sinais com indicações em inglês, embora esteja disponível um panfleto em inglês com as principais secções do mesmo. Para outro tipo de assistência, dirija-se a um membro do staff do museu - alguns deles são fluentes em idiomas estrangeiros.

Coisas para fazer nas proximidades do Museu Ghibli

Andando de barco no Parque Inokashira (Photo: Shutterstock)
Andando de barco no Parque Inokashira (Photo: Shutterstock)

Seja qual for a idade dos visitantes, há muito para fazer nas proximidades do Museu Ghibli.

As crianças vão divertir-se imenso nos espaços abertos do Parque Inokashira, havendo vários parques infantis na zona. Os barcos cisne do parque são um sucesso para todas as idades, sendo perfeitos para um passeio aquático especialmente durante a estação das flores de cerejeira.

O parque também aloja o Jardim Zoológico de Inokashira, que dispõe principalmente animais pequenos, com um foco particular em espécies asiáticas.

Para os compradores, as boutiques de Kichijoji são um excelente local para passar a tarde. Kichijoji é também um lugar fantástico para vegetarianos e veganos, com vários cafés e restaurantes locais que servem pratos à base de vegetais, sem carne nem outros produtos de origem animal.

Explore perto do Museu Ghibli

Inokashira Park Cherry Blossom 8

Inokashira Park Cherry Blossom

Situated close to Kichijoji Station, the park is popular all-year round, especially during Spring to see the cherry blossoms and..

2
Inokashira Park Zoo 10

Inokashira Park Zoo

A ten-minute walk from Kichijoji Station is the Inokashira Park Zoo. Attractions include the Squirrel Trail, Wild Bird Forest and..

1